sexta-feira, 30 de setembro de 2011

MARQUEM NA AGENDA!!! 03-10-11


Aê galera! Para todos os contatos! Para todos que me seguem, e acompanham: Segunda-feira (03.10), às 16h sintonizem na Rádio FolhaPE FM 96,7! Entrevista comigo sobre o livro Terra Prometida! E outras obras, como "Palhaços também choram", "Sob o olhar do bebê", "...um conto, com mais um ponto!" e o romance policial "O Mistério de Tico"!


Ou sintonizem pela internet no link: http://www.folhape.com.br/index.php/radio-folha

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Mecanismo Complicado...

O relógio... É fácil definir o relégio! Dispositivo, assim posso chamá-lo, que tem como função primordial marcar as horas, minutos, segundos...enfim: o tempo! Tic Tac Tic Tac... Sempre indo e indo e indo... nunca voltando! O tempo, medido pelo relógio não volta atrás... não! Nem adianta mexer nos ponteiros! Ele só vai Tic, e vai Tac, e vai Tic...

O computador... evoluiram de uma máquina enorme, que antes ocupava salas inteiras com dados e mais dados armazenados, para hoje em dia, termos à nossa disponibilidade notebooks, telas de led, lcd, computadores de mão... milhares de gigabites, terabites...

Televisão... A televisão é um capítulo totalmente à parte! Eram caixas enormes, com válvulas que ao esquentarem transformavam a energia elétrica em térmica, e transmitiam as imagens captadas pelas antenas, isso tudo em preto-e-branco e sem controle remoto! Hoje em dia temos até televisão que é em 3D e que funciona com internet e recepção digital!

Mas talvez o mais complexo mecanismo até o momento, mesmo com toda evolução, ainda seja o ser humano! Não foi por acaso que a esfinge disse "Decifra-me ou te devoro!" ... certamente ela se referia ao ser humano, ao comportamento humano. Sem fazer aqui diferenciação entre homens e mulheres, ambos são complicados! Não existe quebra-cabeças mais complicado que a própria mente humana. Pensamos uma coisa, dizemos outra; Fazemos algo e queremos que o outro não faça; Mentimos e ensinamos aos nossos filhos que é feio mentir! Falamos a verdade, mas a verdade às vezes doi!; Sentimentos se embaralham com pensamentos, e razão x emoção cria uma milésima guerra mundial... O coração diz uma coisa, o cérebro diz outra... e terminamos fazendo algo totalmente desconexo com o que ambos sugeriam... Nos meus 15 anos de idade eu escrevi uma redação que falava sobre a criação de um chip integrado em nosso cérebro, talvez já observando a complexidade desta máquina chamada ''humanidade"! Com estes chips poderíamos apagar pensamentos, programar reações, carregar com informações atualizadas, e uma infinidade de coisas....

A única dúvida é: Será que assim ainda seríamos humanos? E se sim, será que seríamos melhores do que somos agora? Eis a questão! Decifra-me... ou dá uma passada em minha casa!

Flávio Augusto Albuquerque

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Teste Diário; (De) Teste Diário.




Algumas vezes estamos em um processo de interiorização tão complexo que nem nós podemos entender. Às vezes são testes para nós mesmos; às vezes são testes para quem está ao nosso lado. A vida nos testa todo dia! De um jeito ou de outro...



Sir F. Augustus.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

(Des) Humor do Dia!


Dia bom para entregar-me à lascivia, à esbornia, à boêmia... Dia de esquecer do dia... Dia de "desdia", de apagar a data do calendário. Ou do contrário, marcar a data em vermelho vivo, para não deixá-la ser esquecida! E nunca mais repetida!








Sir F. Augustus

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Meu Amor.


Meu amor ...

Meu amor por você é singelo, é singular;

Meu amor por você é ciumento... Sim, ciumento...

Meu amor é zeloso, cuidadoso... "Quem ama cuida", assim diz o ditado, e assim que faço: Cuido!

Meu amor é engraçado, sempre tenho uma piada para contar, ou uma pantomima da qual sorrir!

Meu amor é cheio de defeitos, já que sou humano!

Meu amor é meloso, meu amor é romântico, meu amor é chato e meu amor é único!

Meu amor é puro, é incondicional, é infinito até enquanto durar; e que dure e dure e dure...

Meu amor é ciente, porém inconsciente;

Meu amor não tem começo...; se não tem começo, não tem fim! Ele apenas existe!

Meu amor é chato, implicante, mal humorado, emburrado, birrento...

Meu amor sou eu, meu amor é meu!

Meu amor é assim... Meu amor é assim!



Flávio Augusto Albuquerque

domingo, 4 de setembro de 2011

Dias cinzas!


Existem dias e dias.

Dias em que acordamos e tudo é colorido: as flores são mais cheirosas; os pássaros cantam mais alto, num perfeito coral; o Sol nós dá as boas vindas no nosso mais novo dia... Sim, novo dia! Cada dia que passa é um dia novo para viver! É mais ou menos como entrar numa porta giratória e a cada volta um dia passar e o Sol está lá nos dizendo "Bom Novo Dia"! As pessoas saem de casa mais bonitas:


  • As mulheres mais elegantes, todas dentro do que a sociedade "pede", tudo o que ela taxa como certo e que nós aceitamos de cabeça baixa, como bons escravos da hipocrisia social... ter cintura fina, quadris largos, porém proporcionais à sua magreza, peitos com um sulco insinuante, pernas torneadas, e maravilhosos acessórios, como bolsa de mão e saltos brilhantes, que ela aprendera desde cedo a pisar com eles em uma linha reta, imaginária, cruzando os passos justamente como as modelos de passarelas bem sucedidas fazem! Um penteado atual, dando uma simetria em seu rosto, às vezes uma franja desfiada para dar um efeito infantil e fatal ao mesmo tempo! Sem esquecer da chapinha no cabelo e a torcida para não chover; detalhes da vida de uma mulher de sucesso, para a sociedade.
  • Os homens devem estar bem vestidos também, mas mais ou menos em um sport fino. Uma excelente fragrância, envolvente, para combinar com seu estilo elegante e levar as mulheres, pelas quais eles passam, a olharem para trás acompanhando o maravilhoso perfume! Uma camisa que contrasta harmoniosamente com a gravata, esta geralmente vermelha, para acender o seu visual; Um blazer de cor clara, conversando e combinando com seu sapato e cinto, usado apenas como acessório, numa calça jeans escura! E é lógico, ao final do expediente, uma cervejinha com os amigos do trabalho cai muito bem, evidente! Isto é o que a sociedade prega como homem bem sucedido!;
  • Final de semana tanto os homens como as mulheres saem para as baladas, para caçar... cada um enfatizando o que tem de melhor... as mulheres unindo os seios, formando uma maravilhosa tentação com seu decote em "V"; os homens ... estes andam com o carro brilhando e com um som mega alto; e quando estacionam o carro (de primeira, é claro), abrem a porta e saem com o peito estufado, e arruma a manga da camisa para que o bíceps e o peitoral trabalhados por toda a semana fiquem à vista, afinal foi para isto que ele passou a semana levantando peso! Predadores e presas uns dos outros.

Mas existem também os dias sem cores...os dias em "preto-e-branco"... e tudo parece ser muito entristecedor. Nuvens no céu, graus celsius ou fareinheit baixando, umidade aumentando no ar... e você olha do lado e pensa "como eu queria passar este dia chuvoso acordando agarrado à pessoa amada, sem nada para perturbar! Curtir o friozinho, se esquentando por debaixo das cobertas...!"

Aí é nesta hora de divagação que a gente lembra "Poxa... Cadê meu amor?" ou "Onde ficaremos agarradinhos, se ninguém larga o nosso pé e a nossa vida?" E neste momento, as cores viram cinzas! Totalmente cinzas! Por mais ensolarado, por mais flores no jardim, por mais que tenha pássaros cantando... Os dias são cinzas. Fato! Tudo se torna sem graça e triste, sem um amor para amar e ser amado. Não existe diferencial entre nós ou as pessoas à nossa volta... Tudo se torna igual... apenas mais um de tantos...



DIAS CINZAS !!!


Flávio Augusto Albuquerque

sábado, 3 de setembro de 2011

Te fazer feliz...


Eu amo tua risada,

Amo tuas covinhas,

Amo o modo como fecha os olhos,

De delírio, prazer ou regozijo,

Ou mesmo quando cai nas minhas piadas,

Muitas vezes até sem graça,

Mas é lindo ver você sorrir,

É lindo o seu gargalhar,

É lindo te ver e te fazer feliz!...


Flávio Augusto Albuquerque

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

ERRAR



O erro tem diversas causas e categorias, por assim dizer:

Inocência; Inexperiência; Curiosidade; Fuga; Falha humana (aquele famoso "todo mundo erra"); Inconsequência; Irresponsabilidade... e por aí vai!

Mas quando a gente erra por um desses motivos, ainda vai... agora repetir o erro aí já falta de vergonha na cara e puro oferecimento, falta de caráter mesmo! E falta até com o respeito à devida parceira ou parceiro! Isto é MUITA BURRICE!

A gente deve sempre perdoar. Sou totalmente a favor! Mas não brinquem com a segunda chance que recebem! Uma cara e um suposto jeito sonso de ser pode representar um mero disfarce, estratégia para ver até onde a pessoa vai inescrupulosamente!

Parafraseando Maquiavel: "mantenha seus amigos por perto; e seus inimigos mais perto ainda! Não se permita ser surpreendido!"

Pensem nisto!


Sir F. Augustus.