terça-feira, 20 de abril de 2010

Quando dois são um...

Quando dois são um,
Não existe diferença,
Não existe igualdade,
Existe crescimento e aprendizado.



Quando dois são um,

Existem brigas e discussões,
Existem acertos e desacertos,
Às vezes não existem acordos.


Quando dois são um,
Toda soma vira multiplicação
E toda divisão é zero!





Quando dois são um,
Um até vive sem o outro,
Mas dois menos um, é meio!


Quando dois são um,
Nem tudo se completa,
Nem tudo se encaixa,
Mas todo resultado é positivo.





Quando dois são um,
As contas são feitas em conjunto,
E um é sempre relacionado ao outro.


Quando dois são um,
As diferenças entre os dois
Tornam-se o diferencial,
Que somado ao amor que os une,
Resulta numa progressão geométrica e infinita,
Cuja prova final dos nove é sempre perfeita!





Quando dois são um...

Flávio Augusto
(20/04/2010)

3 comentários:

Luiza disse...

Gosti :) !

Anônimo disse...

Oi meu Bebê!! Que poema mais lindo do mundo tu fez pra mim, ficou maravilhoso!!! Brigaduuuuuuu minha vida tu teve "inspilação na zente" uzuzuzuzuz Te amo Te amo Te Amo bem grandão assim Ó \_________O_________/ BJOS (MARI)

gostei disse...

pocha..... ficou muito massa!quero umas aulas